sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Adegas & Vinhos

Projetista de Interiores tem que saber de tudo... quase tudo, ou tudo mesmo!

Tem que saber de ergonomia, de design, de moda, de tendências, de cores, de montagem dos móveis, de gesso, de iluminação, de instalação de eletrodomésticos e eletrônicos em geral, bem como seu funcionamentos e... nossa quanta coisa!!!! Isso que listei apenas algumas... Mas hoje quero é falar sobre ADEGAS & VINHOS!

Cerca de 70% dos projetistas pecam na hora de projetar colocando adegas em cima de geladeiras ou fornos... isso é mais comum do que possamos imaginar... vira e mexe aparece um projeto com adega em cima da geladeira. Quando questionamos o projetista em questão sobre o projeto, sempre vem a boa e velha desculpa: "O cliente pediu!".

Sim, o cliente pede, mas o cliente é leigo... e é a nossa função ajudá-lo e orientá-lo quanto a melhor distribuição do seu ambiente de acordo com suas necessidades e para isso, precisamos saber como funciona a conservação e armazenamento do vinho. 

Por isso separei alguma dicas para ajudá-los a entender melhor esse assunto:

A conservação dos vinhos de maneira adequada é fundamental para manter sua qualidade, pois as substancias que o compõem podem se degradar naturalmente com o tempo ou mesmo em condições inadequadas de conservação.

Temperatura: A temperatura de conservação dos vinhos deve ser entre 14ºC e 16ºC. Nessa faixa, o vinho está estabilizado e a passagem de oxigênio pela rolha é correta. Além disso, a evolução do vinho acontece de maneira lenta e gradual. Acima dessa temperatura o vinho evolui mais rápido, porém não com a mesma eficiência, podendo ter aromas e sabores de frutas cozidas. 

Umidade: Para que a rolha esteja sempre em boas condições de conservação a umidade da adega deve estar entre 70% e 80%. Abaixo disso a rolha pode ressecar, fazendo com que o oxigênio passe com maior facilidade oxidando o vinho. 

Luminosidade: Os vinhos sentem negativamente a exposição prolongada da luz, principalmente a fluorescente. Por conta disso a maioria dos vinhos são comercializados em garrafas escuras. Por isso as adegas devem ter o mínimo de luz possível

Odores: Em condições normais a rolha não permite que o liquido vaze, mas existe uma micro passagem de gás ou oxigênio e se o ar estiver contaminado com odores fortes, estes serão passados para o vinho dentro da garrafa. Sendo assim, deve estar livre de quaisquer odores, tais como, de detergente, sabão, perfumes, alimentos, gases e outros.

Ou seja, o ambiente deve ser calmo e moderadamente arejado.

CUIDADO COM AS GARRAFAS

Posição: As garrafas devem estar sempre em posição horizontal ou levemente inclinadas para baixo, para que a rolha esteja sempre irrigada pelo vinho mantendo-se dilatada e ajudando em sua conservação.

Disposição: Vinhos brancos e jovens são guardados em baixo, á uma temperatua inferior. Já vinhos tintos são armazenados em cima. Vinhos generosos e licorosos devem ser guardados em pé.

Viram só????
Com isso já podem ter uma base de que cozinha e principalmente em cima de geladeiras e fornos não é um bom lugar para se manter os vinhos, a menos, que o cliente deseje que o mesmo vire vinagre. E vamos combinar néh gente... mas adega em cima de geladeira é bem cafona!!! 

Espero ter ajudado... e até a próxima!!!!













Um comentário:

  1. Olá Roseli!
    Você usa o Promob, não é mesmo? Já usou o 2020Design? Qual dos dois é melhor?
    Um abraço.

    Sidney

    ResponderExcluir