quinta-feira, 18 de abril de 2013

MDF 15mm ou 18mm? Entenda a diferença...

Muitas vezes nos deparamos com clientes questionando o uso do MDF de 15mm, que é muito comum na fabricação de caixas e portas de móveis planejados. Geralmente marcenarias utilizam o MDF 18mm e usam isso como um diferencial alegando que o material é mais forte. Abaixo segue uma breve explicação das diferenças entre essas duas espessuras, tirei essa matéria de um outro blog, no final da postagem, segue a fonte da matéria.

MDF, Medium Density Fiberboard, ou seja fibras de média densidade. Toda a madeira é transformada em fibras que formam um "bolo" de materiais  colas e produtos químicos. Esse material todo entra na máquina em torno de 40cm de altura, depois prensado, fica com 6, 9, 15, 18 e 25mm de espessura. Vale lembrar que a mesma quantidade materiais (bolo) é usado em todas essas espessuras.

Os mesmos 40cm de bolo, faz o de 6mm, faz também o de 25mm bem como seus intermediários.
Traduzindo, o mesmo kg/força de um material de 6mm é o de 15, 18 ou 25mm, é a resistência a tração perpendicular na vertical; o que difere cada um deles além da espessura é o grau de resistência flexão estática, ou seja, o empenamento com distância igual a 1 metro quadrado em vão livre na horizontal.

Para MDF de 15mm a resistência é de 670kg/³ e para 18mm é de 660kg/m³ ou seja, o de 15mm por ter mais massa tem grau de curvatura menor que o de 18mm, além de ser mais "leve", o mais engraçado é que o de 12mm tem a mesma densidade de 15mm.

Na nossa abordagem, isso nos mostra que o uso de caixaria, ou seja, o corpo dos armários podem ser feitos com 15mm e obtêm a mesma capacidade de carga que materiais mais grossos, e com a vantagem de ter mais massa e maior resistência a umidade por ter maior carga.

Para as portas, o MDF de 15mm também é mais indicado por ser mais espesso e receber mais tração com parafusos e dobradiças, além de ter a mesma carga tração de materiais mais grossos, e coeficiente de empenamento igual ao de 18mm.

Desta maneira, vimos que o mito de que portas de 18mm não empenam
 é pura crendice.

Agora vocês estão mais preparados para se defenderem na hora da venda quando o cliente questionar o uso do MDF de 18mm. ;-D









12 comentários:

  1. ótima informação. Roseli, estamos em busca de parceiros. sou arquiteto e estou lançando o site www.unoprojetos.com.br e busco profissionais para projetos de mobiliário e interiores. Entre em contato comigo. unoprojetos@gmail.com

    Belo blog

    ResponderExcluir
  2. Acho que estas informações do 18mm estão equivocadas pois a resistência para parafusar é a mesma senão pior no de 15mm, e digo isso pq sou contrutor de móveis por hobby, na minha casa já fiz 2 armários grandes sendo um com 15mm branco e outro em 18mm padrão "NARITA" e com o de 18mm foi muito mais tranquilo de trabalhar na hora da montagem, principalmente nos parafusos pois no de 15mm mesmo o furo estando bem centrado e sendo furado com broca 4mm, na hora de dar o aperto no parafuso o mdf de 15mm se abre!

    ResponderExcluir
  3. amigo... vc disse tudo!!! é construtor de móveis por Hobby!
    Essas informações foram tiradas de um site de marcenaria que por ventura tirou do próprio site da duratex, fabricante de MDF, acima está a fonte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a um peso de 5 Kg sofrerá a mesma vergadura que uma prateleira de 15 ou 18 mm submetida à pressão do mesmo peso, o que é de uma insensatez enorme. Vergue uma chapa de mdf de 6mm com as mãos usando o joelho de apoio e tente fazer o mesmo com uma de 18 mm e verás a evidência do que foi dito.

      Excluir
  4. Fiz orçamento da minha cozinha e vários marceneiros me falaram do MDF de 15mm teve um que me falou do MDF de 18mm nas portas e gavetas e caixaria de 15mm e ainda uma espécie de envelopamento da caixaria com 18mm que ficaria um total nas laterais de 32mm. Oque acha isso é viável, vale a pena pagar mais por isso?

    ResponderExcluir
  5. Roseli, a sua informação está equivocada, pois é uma questão de lógica.
    Pois existe diferença de peso por m² variando a espessura, logo a massa não pode ser a mesma, pois com sua afirmação o peso por m² do mdf seria exatamente o mesmo para todas as espessuras.
    Acredito que você confundiu a relação de densidade por m³ aí sim sua afirmação está correta.

    ResponderExcluir
  6. Prezada Roseli,

    Suas informações, como você mesma disse, estão bem fundamentadas e não devem estar erradas (exceto pelas unidades kg/³ e kg/m³ que são, na verdade, medidas de tensão - ou seja kgf/cm²). No entanto a análise da pessoa de onde você retirou o texto é que está equivocada.

    Realmente a resistência à flexão do MDF de 18 mm de espessura é menor. Isso pois a relação de fibra por volume é menor e a densidade de fibra é que dá resistência ao material. No entanto, outro ponto importante que não está diretamente relacionado nos materiais informativos do fabricante é a deflexão. É assim: imaginemos que vamos fazer duas prateleiras de MDF, uma de 15 e outra de 18. Ambas tem o mesmo vão e iremos colocar o mesmo objeto no meio das prateleiras, entre os apoios. Se o peso do objeto não for suficiente para quebrar nenhuma das prateleiras, o que vai acontecer é que a de 15 vai formar uma "barriga" maior. Se continuarmos colocando mais objetos, a prateleira de 18 vai quebrar primeiro.

    A questão toda é: onde queremos aumentar a resistência e diminuir a deflexão, ou vice-versa? Isso deve ser pensado pela pessoa que elabora a estrutura do armário, pois variáveis como a distância entre os apoios também fazem com que os valores mudem.

    Assim aproveito para deixar minha opinião à Silvia T B (que acredito que já deva estar com o armário pronto): faz todo o sentido e eu pagaria mais caro pela solução apresentada. Pediria ainda para passar a porta para um MDF de 20 ou até 25 mm.

    ResponderExcluir
  7. Acho que você está equivocada. Pense um pouco: Se a mesma quantidade de massa é usada pra fazer as diferentes espessuras de placa, então todas as placas teriam o mesmo peso. Assim quanto menor a espessura, maior a densidade. Não sou nem marceneiro hobbista nem profissional, mas meus estudos em física (isso é física de 6ª série) e meu bom senso percebem acusam esse equívoco.

    ResponderExcluir
  8. Não conheço o processo de fabricação do MDF, mas eu acho que as informações que a colega Roseli disponibilizou aqui podem estar corretas sim, salvo o equívoco de uma unidade utilizada, já comentado aqui. Ela fala que no processo de fabricação forma-se um "bolo" de 40cm de fibras, cola e produtos químicos. Resgatando um dos princípio básicos da física tão falada por aqui, sabemos que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço, e se há uma redução da espessura do "bolo" é porque logicamente no processo de fabricação existe a expulsão dos produtos químicos e da cola que envolvem as fibras. Ao final do processo uma chapa de 6mm será, por óbvio, mais densa em fibras do que uma de 25mm, que por sua vez terá mais cola e produtos químicos envolvendo suas fibras. Isso é o que faz a mesma área de chapas de espessuras diferentes terem pesos diferentes, mesmo ambas tendo sido fabricadas a partir de "bolos" semelhantes, ou seja, a quantidade de cola e produtos químicos residuais.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde,
    Eu e meu marido gostamos de trabalhar com madeira para confecção de moveis, apenas para nosso espaço, não somos marcineiros e nem comercializamos. Tenho um projeto para um quarto com espaço pequeno. Quero saber se posso utiliza MDF para fazer a cama, se sim qual espessura ideal 15, 18 ou 20mm?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  10. sou marceneiro a 16 anos a questão é que fica mais barato de 15 mm mas fica com uma estética mais bonita com o de 18mm

    ResponderExcluir
  11. sou marceneiro a 16 anos a questão é que fica mais barato de 15 mm mas fica com uma estética mais bonita com o de 18mm

    ResponderExcluir